escapadinhas
Viseu
line
Monte de Santa Luzia
foto Monte de Santa Luzia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Importância do Património Geológico
O património geológico é o património mais antigo da Terra, merecendo ser olhado com redobrada atenção e interesse. Com a proposta de desenvolver o conceito de geo-monumento, está a Câmara municipal de Viseu a dar atenção e importância a esse património que nem sempre é privilegiado nos "media". A ferida aberta na portentosa massa de quartzo pode deixar de ser considerada como tal, se a aproveitarmos com mestria pedagógica; se lhe dermos o valor intrínseco que tem; se aliciarmos as pessoas a optarem por uma nova abordagem ?. É neste último quadro que é lançado uma parte importante do Projecto de Valorização de Santa Luzia - O Museu do Quartzo. À volta do quartzo, pretexto para olhar a Geologia, valorizamos uma zona de Viseu que a exploração do mineral não acautelou, na voracidade do lucro material deixando para um segundo plano a importância do imaterial. O património a edificar servirá para acolher muitos interessados em saber mais sobre a História da Terra, sobre o seu impacto na vida das pessoas, mas é ainda uma parte de um bem intangível que se traduz no viver o local e o seu espírito, contribuindo para a (boa) formação dos jovens estudantes que ali encontrarão mais um motivo para serem mais, para ampliarem os seus conhecimentos, relembrando, em suma, que há só uma Terra. As outras vertentes do Monte de Santa Luzia serão ainda um campo aberto a explorar: o seu interesse botânico, arqueológico, geográfico e antropológico?. Enquanto todas as faces do Monte não estão suficientemente exploradas, continuaremos a fruir os belos horizontes da Estrela e do Caramulo; os Viveiros de plantas e a espiritualidade da capelinha em honra de santa Luzia. Se tudo correr como esperamos, dentro de algum tempo teremos uma mais-valia no Monte ? o Museu do Quartzo e todo o seu potencial, aberto a todos sem excepção.




line
line

topo
o que procura
onde
sombra
pesquisa
sombra
sombra

sombra


sombra