escapadinhas
Peniche
line
Reserva Natural da Berlenga
foto Reserva Natural da Berlenga

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Reserva Natural da Berlenga é um local único devido à transparência das suas águas e espólio sub-aquático. 

 

É uma reserva marinha e está classificada como "Reserva da Biosfera" pelo Conselho da Europa. O arquipélago é constituído por uma ilha, Berlenga Grande e por alguns ilhéus graníticos e rochedos (Estelas e Farilhões) e fica a 7 milhas do Cabo Carvoeiro a noroeste de Peniche.

 

A Berlenga Grande avista-se do território continental quando não há neblina. Podemos encontrar aqui espécies endémicas de flora, além de ser local de eleição para a nidificação de aves marinhas.

 

Na Berlenga sobre o ilhéu, ergue-se o Forte de São João Baptista, fortaleza militar manuelina, datada de 1502 e ligada à ilha por uma pequena ponte.O Forte de São João Baptista foi mandado construir em 1651 pelo rei D. João IV, dada a sua posição estratégica. Diz-se, contudo, que na ilha existiria um Mosteiro da Ordem de São Jerónimo, desde 1513, que oferecia assistência aos marinheiros em passagem e aos muitos náufragos vítimas da violência da costa. Este mosteiro terá sido sucessivamente atacado por piratas, o que levou ao seu abandono.

Já no século XIX o Forte é desartilhado e abandonado, servindo como apoio às actividades piscatórias da região. No século XX, o Forte foi transformado em pousada, abandonada após a revolução do 25 de Abril.
Hoje em dia o Forte de São João Baptista funciona como "casa-abrigo? da Associação dos Amigos das Berlengas, e é um dos locais de alojamento do arquipélago, contando com doze quartos principais e oito na muralha, bem como serviços de mini-mercado e restauração.

 

As pequenas praias de águas transparentes são muito bonitas e ideais para uns bons mergulhos.

O acesso à Berlenga faz-se de barco através de Peniche, no que muitos reportam como uma "viagem difícil?, dada as fortes correntes do mar, com a duração de 30 a 40 minutos em média. As visitas à Berlenga estão condicionadas ao máximo de 350 visitantes por dia, de modo a manter a maior naturalidade em todas as espécies que habitam a ilha.

A ilha possui dois restaurantes, na ?aldeia dos pescadores?, e hipóteses de alojamento no Forte de São João Baptista, no Pavilhão Mar e Sol ou ainda mais próximo da natureza, no Parque de Campismo (sendo aconselhável uma posterior limpeza às tendas, usualmente muito prevaricadas pelos dejectos das gaivotas).

 

Coordenadas do ponto central

Longitude: W 09º 30º
Latitude: N 39º 24º
Área Terrestre: 104 ha
Área Marítima: 9456 ha
Área Total: 9560 ha
 



line
line

topo
o que procura
onde
sombra
pesquisa
sombra
sombra

sombra


sombra