escapadinhas
Pampilhosa da Serra
line
Gastronomia de Pampilhosa da Serra
foto Gastronomia de Pampilhosa da Serra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

No passado, os habitantes deste Concelho comiam o que produziam, isto é: o queijo, o leite, a broa, a batata, o feijão e os caldos de couve e nabo. Destacam-se, nesta matérias, o fabrico artesanal do queijo de cabra, mel, aguardente de mel e de medronho.
Os pratos típicos desta zona serrana são a sopa de botelha, a tiborna, o bucho, o cabrito assado e a truta. No campo da doçaria, destacam-se o bolo de mel, a tigelada, as castanhas com leite e as filhós que se confeccionavam por altura das festas.

Delicie-se com algumas das nossas especialidades!

Pratos Típicos 

  

Chanfana de Cabra

Ingredientes:

1Kg de carne de cabra; 7,5 dl de vinho tinto de boa qualidade;
3 colheres de sopa de azeite; 1 colher de sopa de banha de porco;
1 cálice de aguardente (no caso da carne ser muito rija); 2 dentes de alho; 1 cebola grande;
1 folha de louro; 3 cravinhos de cabecinha; colorau (q.b.); sal (q.b.); pimenta (q.b.); salsa (q.b.).

Preparação:

Limpa-se a carne de cabra velha de peles e gorduras, escalda-se com água a ferver e corta-se em pedaços.
Tempera-se com todos os ingredientes e deixa-se a marinar de um dia para o outro.
No dia seguinte coloca-se numa caçoila de barro e vai a cozer ao forno de lenha, de preferência cerca de 2h30m.

 

Maranho

Ingredientes:

1 bucho de cabra; cerca de 500 gr de perna de cabrito; 180 g de arroz; 50 gr de chouriço; 70 gr de toucinho;
1 dl de vinho branco; água; azeite; sal e pimenta; serpão.

Preparação:

Lava-se o bucho em várias águas. Põe-se ao lume uma panela com água a ferver, onde se vai metendo o bucho e raspando com uma faca até ficar branco (é preciso cuidado para não deixar cozer). Lava-se novamente, em água fria, e corta-se em bocadinhos com cerca de 10 centímetros, os quais se cozem com linhas, formando uns saquinhos. Cortam-se as carnes muito miúdas com a tesoura, temperam-se com sal, com vinho branco, um pouco de água, hortelã picada, serpão, pimenta, e mistura-se o arroz cru, mexendo tudo muito bem. Deixa-se em repouso cerca de duas horas. Enchem-se os saquinhos só até meio, para não rebentarem, cose-se a abertura com linha e coloca-se a cozer numa panela com água temperada com sal e hortelã.
Estão cozidos quando se apresentam cheios e duros. Servem-se acompanhados com couves cozidas.

 

Bucho Recheado (foto)

Ingredientes:

1 bucho de porco; carne de porco partida ao pedacinhos; 1 chouriço de carne; 1 ramo de salsa; 1 cebola; 3 dentes de alho; 1 molho de serpão; 1 tomate maduro; 1 dl de azeite; sal; arroz; 1 dl de vinho branco; louro; piri-piri.

Preparação:

Lava-se o bucho com água morna e esfrega-se várias vezes com sal e sumo de limão. Coloca-se num recipiente, temperado com sal e sumo de limão e deixa-se de um dia para o outro. Depois lava-se bem, cozem-se as aberturas todas (com linhas fortes deixando só uma).
A carne depois de cortada tempera-se com o sal, o alho e o vinho, juntando-se depois a cebola, o tomate, a salsa, o serpão, o louro e o piri-piri. Desta mistura, medem-se 3 medidas de carne e 1 de arroz. Coloca-se um copo de água, misturando bem os ingredientes, prova-se de sal e rectifica-se o azeite. Coloca-se dentro do Bucho, o qual se fecha no fim a última abertura.
Deve deixar-se meio cheio para que não haja a possibilidade de rebentar e deve tirar-lhe bem o ar.
Coloca-se numa panela com água ao lume bem temperada de sal e coloca-se o bucho que deve ferver cerca de 1h30m /2 h em lume brando.
O Bucho está cozido quando, ao espetar uma agulha grossa de cozer na parte mais dura, esta sai com facilidade. Tira-se o Bucho para uma travessa, corta-se em fatias e serve-se com salada e batata frita.

 

Couvada

Ingredientes:

Batata; couve; bacalhau; sal.

Preparação:

Coloca-se uma panela com água ao lume e junta-se-lhe a batata descascada. Depois da batata estar a ferver coloca-se a hortaliça cortada e deixa-se ferver. Quando estiver a ferver junta-se-lhe o bacalhau, tempera-se com sal e quando estiver cozido serve-se regado com azeite.Cabrito Assado

 

Cabrito Assado

Ingredientes:

1 Cabrito de 3 a 3,5 Kg (sem fressura); 5 dentes de alho; 1 colher de sopa de colorau; 1 folha de louro; 5 colheres de sopa de azeite;
3 colheres de sopa de banha; 0,5 l de vinho branco; sal grosso.

Preparação:

Depois de limpo e de se lhe retirar a fressura, barra-se o cabrito interior e exteriormente com uma papa feita com os alhos esmagados, sal grosso, o colorau, o louro, o azeite e a banha. O cabrito deverá ficar assim temperado de um dia para o outro ou pelo menos 3 a 4 horas.
Coloca-se então numa assadeira de barro e leva-se a assar em forno bem quente. Quando o cabrito se apresentar meio assado, rega-se com vinho branco (de vez em quando). O cabrito deve ficar bem tostado.
Acompanha com batatinhas que se cozinham do seguinte modo: depois de lavadas, cozem-se com a pele 2 kg de batatinhas pequenas. Pelam-se e alouram-se depois num pouco de azeite onde previamente se alourou um dente de alho. Juntam-se ao cabrito quando estiverem bem louras.

 

Truta de Escabeche

Ingredientes:

10 Trutas médias; 2 dl de azeite; 6 grãos de pimenta; 3 dl de vinagre; 3 dentes de alho e sal; Louro e salsa.

Preparação:

Colocam-se as trutas, depois de bem limpas, sem as abrir, num tacho de barro. Salpicam-se com sal e passadas umas horas regam-se com azeite misturado com o vinagre, os restantes temperos e o ramo de salsa.
Leva-se o tacho a lume brando para as trutas cozerem. Servem-se depois de fritas, acompanhadas de batatas cozidas.

 

Caldo Verde

Ingredientes:

1 kg de batatas; sal q.b.; 2 dl de azeite; 0,5 kg de couve galega bem miudinha.

Preparação:

Cozem-se as batatas e o azeite. Passam-se bem as batatas e põem-se as couves a cozer.

 

Cozido à Portuguesa

Ingredientes:

Feijão Verde; Couve Portuguesa; 4 ou 5 batatas; cenouras; 2 nabos; 1 tomate pequeno; carne de vaca; chouriço; farinheira; presunto; toucinho; frango.

Preparação:

Colocam-se as carnes a cozer juntamente com o chouriço e a farinheira. Com o caldo, faz-se a sopa e o arroz seco que acompanha o cozido. Serve-se rodeado com as carnes trinchadas e dispõem-se as hortaliças noutra travessa.

 

Sopa de Feijão Verde

Ingredientes:

1 kg de feijão verde; sal q.b.; água; batata.

Preparação:

Coza as batatas e no fim triture-as bem até ficarem em pasta. Junte a água e quando estiver a ferver, junte o feijão verde cortado. Quando ferver deixe arrefecer um pouco e sirva.

 

Sopa de Couve Serrana

Ingredientes:

Couves; 1 cenoura; 1 kg de batatas; um punhado de arroz; sal; água; feijão; azeite.

Preparação:

Coze-se a mistura: cebola, cenoura, batatas, nabo e alho. Tempera-se com sal e deixa-se cozer. Entretanto corta-se a couve. Depois mistura-se a couve e os feijões e um fio de azeite. Volta a cozer outra vez.

 

Sopa de Botelha

Ingredientes:

1 Kg de carolos de milho; 1,5 l de água; sal q.b.; 2 dl de azeite; 1 colher de sopa de banha de porco; 1 cebola média.

Preparação:

Põe-se a ferver a água com o sal, azeite, banha e a cebola bem picada. Depois de estar a ferver põe-se os carolos mexendo sempre, até estarem bem cozidos.

 

Caldo de Castanhas

Ingredientes:

1kg de castanhas; Sal; ½ litro de água.

Preparação:

Coza as Castanhas e adicione sal. Deixe ferver e sirva quente.

 

Queijo de Cabra Fresco

Ingredientes: 1 Litro de leite de cabra; 1 colher de chá de coalho.

Preparação:

Passa-se o leite, através de um pano limpo, para uma panela. Amorna-se um bocado ao lume. Retira-se do lume e junta-se o coalho. Mexe-se novamente para coalhar. Quando estiver pronto, põe-se no cincho a pouco e pouco. Calca-se muito bem e depois adicionam-se umas pedrinhas de sal grosso por cima. Vai ao frigorífico (1 ou 2 dias).

 

Doçaria

Fatias Douradas

Preparação:

Corta-se pão duro em fatias, tira-se-lhe as côdeas e ensopam-se em vinho do porto ou leite simples, em seguida põe-se a escorrer e passam-se por ovos batidos, fritando-se em seguida.
Faz-se uma calda de açúcar em ponto que se deita por cima das fatias, ou simplesmente canela com açúcar a seu gosto.
Servem-se ainda mornas.

 

Tigelada

Ingredientes:

6 ovos; 1 litro de leite; 250 gr de açúcar; 1 colher de farinha maizena.

Preparação:

Mistura-se tudo num recipiente sem bater muito. Coloca-se numa caçarola de barro e vai a cozer ao forno.

 

Bolo de Mel

Ingredientes:

4 ovos; 150 g de açúcar; 150 g de manteiga; 250 g de farinha; 1 colher de sobremesa de fermento em pó; 2 colheres de sopa de mel.

Preparação:

Bater as gemas com o açúcar, até obter um creme. Junta-se a manteiga e o mel. Depois de tudo bem batido, incorporar com a farinha e o fermento. Por fim, adicionar as claras bem batidas em castelo. Vai ao forno cerca de 50-60 minutos.

 

Bolo de Azeite

Ingredientes:

ovos; farinha de trigo; fermento; azeite.

Preparação:

Amassa-se tudo muito bem. Deixa-se levedar durante um bocado e vai ao forno até cozer.

 

Carolos

Ingredientes:

Milho moído; sal, azeite.

Preparação:

Lava-se o carolo para tirar todas as cascas. Coloca-se um tacho ao lume com água, tempera-se com sal e azeite e quando esta estiver a ferver colocam-se os carolos. Deixa-se cozer muito bem e mexendo sempre.

 

Filhós

Ingredientes:

12 ovos; 250 gr de Açúcar; 1 kg de fermento de padeiro; 3 nozes de manteiga; 1 cálice de aguardente; meia colher de café de sal; óleo.

Preparação:

Numa tigela, desfaz-se o fermento em água morna. Partem-se os ovos inteiros para um recipiente e juntam-se o açúcar, o azeite, o sal, o fermento desfeito na água e a aguardente.
Bate-se muito bem e por fim junta-se a farinha, amassando bem. Cobre-se com um pano e coloca-se em sítio quente, para levedar. Numa frigideira funda coloca-se óleo. Tiram-se bocadinhos de massa com as mãos passadas por azeite e estica-se a massa até ficar muito fina. Fritam-se em óleo bem quente.
Escorrem-se sobre papel absorvente e podem-se polvilhar com açúcar e canela.

 

Arroz Doce

Ingredientes:

250 gr de arroz; 250 gr de açúcar; 1 l de leite; 1 limão; 6 gemas; 30 gr de manteiga; água; sal; canela para polvilhar.

Preparação:

Coze-se o arroz em água com umas pedrinhas de sal e uma tira de casca de limão cortada fininha. Logo que esteja cozido, adiciona-se o leite e ferve em lume muito brando. Mistura-se o açúcar e continua a ferver. Retira-se do lume, arrefece um pouco e deitam-se as gemas já batidas. Mexe-se bem e volta ao lume para as cozer. Ao retira do lume junta-se a manteiga. Deita-se em taças e polvilha-se com canela.

 

Broa

Ingredientes:

3 kg de farinha de milho; 1 kg de farinha de trigo; sal q.b.; 3 l de água fervida; fermento.

Preparação:

Juntam-se as farinhas numa gamela, colocam-se uma pedrinhas de sal e põe-se a água e o fermento. Amassa-se muito bem até fazer uma boa mistura. Aguarda-se até ela levedar. Depois tende-se e vai ao forno bem quente. Cerca de uma hora e a broa está pronta.

 

Vinhos e Aguardentes

Aguardente de Medronho

Ingredientes:

Medronhos bem maduros; um pouco de água.

Preparação:

Apanham-se os medronhos para uma vasilha e põe-se um pouco de água até começar a ferver. Quando estiverem transformados numa pasta, vão para o alambique. Mexe-se sempre, para não deixar agarrar amassa. Quando estiver a levantar fervura, põe-se a cabeça e espera-se que o líquido escorra para um garrafão.

 

Vinho regional das Beiras

Aguardente de Mel

Ingredientes:

15 litros de água; 15 litros de mel.

Preparação:

Junta-se a água com o mel. Quando a água estiver bem amarela, coloca-se o açúcar e deixa-se 21 dias a levedar. Mete-se a cera para dentro a levedar. Depois leva-se para o alambique.



João Dias É um espaço que costumo frequentar no final da tarde para "petiscar", e aproveito para estar com alguns amigos. Bom ambiente e serviço impecavel!!!
line Fontes Espaço muito giro e com um ambiente magnifico!
line Vera Fui com um amigo a este restaurante(embora não gostem que lhe chame restaurante!!!) e gostei bastante. Muito giro e bem localizado.
line Carlos Miguel O que comi estava delicioso e também bebi bem...gostei bastante deste espaço!
line Maria Restaurante de Tapas bastante interessante. Não conhecia mas surpreendeu-me bastante!!Felicidades.
line Sara Passei na rua, decidi parar para experimentar...e adorei!!! Muitos parabéns. Quando voltar a Vale de Cambra é cá que venho, sem duvida
line Silvio Trabalho em Sao Joao da Madeira e a semana passada um colega de trabalho sugeriu irmos almoçar ao Ágora e devo dizer que gostei bastante! Belas iguarias aqui comi!!!
line
line

topo
o que procura
onde
sombra
pesquisa
sombra
sombra