escapadinhas
Cascais
line
Museu da Música Portuguesa - Casa Verdades de Faria
foto Museu da Música Portuguesa - Casa Verdades de Faria

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Em finais do século XIX, assiste-se ao aparecimento de pequenos palácios, integrados na denominada Arquitectura de Veraneio que deixou uma marca própria no desenho urbanístico do concelho de Cascais.

 

Jorge O'Neill tinha vendido o edifício onde hoje está instalado o Museu - Biblioteca do Conde de Castro Guimarães quando, em 1918, mandou construir, no Monte Estoril, a "Torre de São Patrício", actual Casa Verdades de Faria. O projecto foi desenhado por Raul Lino e o seu interior decorado com estuques pintados, vitrais e azulejos setecentistas.

Por volta de 1942, Enrique Mantero Belard adquire a Torre de S. Patrício, imprimindo algumas alterações na casa e no jardim. A sua mulher, Gertrudes Verdades de Faria, apaixonada por Arte, promovia reuniões sociais e serões culturais, tendo exercido um importante trabalho de apoio e incentivo a profissionais do mundo artístico.

Após a morte da mulher, Mantero Belard fez o seu testamento beneficiando diversas instituições, entre elas a Câmara Municipal de Cascais, a quem legou a sua propriedade no Monte Estoril, para que viesse a constituir uma Casa-Museu e Jardim Público, de nome Verdades de Faria.

Assim, em 1981, após a aquisição das colecções de instrumentos musicais populares portugueses e objectos etnográficos, pertencentes ao etnomusicólogo Michel Giacometti, foi  definido um programa museológico para a Casa Verdades Faria: nascia então o Museu da Música Regional Portuguesa, cuja aprovação data de 1987.

Foi nomeada uma Comissão Instaladora - da qual fez parte o próprio Michel Giacometti - com a colaboração do Instituto Português do Património Cultural e do Museu de Etnologia, que procurou estabelecer as linhas programáticas de funcionamento da instituição. Dois anos mais tarde, foi também adquirida a biblioteca especializada de Giacometti, que permitiu a criação do Centro de Documentação do Museu.

Em 1994, o compositor Fernando Lopes Graça, que colaborou estreitamente na investigação de Michel Giacometti, deixou em testamento à Câmara Municipal de Cascais todo o seu espólio, que veio a ser incorporado no Museu em 1995, logo após a sua morte. Pelo âmbito mais alargado do seu acervo, o museu veio a conhecer a actual designação - Museu da Música Portuguesa.

A reunião dos espólios destas duas figuras, de que destacamos a obra musical e literária do compositor, a sua importante e extensa colecção de correspondência com as mais destacadas figuras da cultura nacional e estrangeira, a colecção dos programas de concertos, o dossier de imprensa e a sua biblioteca pessoal, e a documentação de investigação de campo do etnomusicólogo, com fichas de recolha de música e documentos de tradição oral, manuscritos, fotografias, gravações de música áudio e vídeo, a colecção de instrumentos musicais populares portugueses, e a sua biblioteca especializada - determina a vocação do museu, que tem por missão e objectivo a preservação, conservação, estudo, divulgação e valorização do Património Musical Português.

O Museu da Música Portuguesa desenvolve um conjunto de acções no âmbito da investigação, conservação, documentação, comunicação e educação, apresentando um vasto programa cultural com exposições temporárias, ciclos de concertos, conferências, programas de acção educativa e promove, ainda, anualmente, o Prémio Lopes-Graça de Composição.

O Museu foi alvo de uma profunda intervenção de restauro e de remodelação dos espaços, tendo reaberto ao público dia 27 de Outubro de 2005, com uma nova programação museológica e um variado leque de iniciativas ligadas à divulgação do trabalho de Giacometti e de Lopes-Graça.

Saiba mais no novo site deste espaço cultural, onde poderá, entre outras funcionalidades, aceder e requisitar qualquer obra do catálogo de Fernando Lopes-Graça.

 

 

Museu da Música Portuguesa - Casa Verdades de Faria 

Av. de Sabóia, n.º 1146
Monte Estoril
2765 -580 Estoril
Tel: 214815904/02
E-mail: mmp@cm-cascais.pt
Site: http://mmp.cm-cascais.pt 


Visitas ao Museu

De 3ª feira a domingo das 10h às 13h00 e das 14h às 17h00




line
line

topo
o que procura
onde
sombra
pesquisa
sombra
sombra

sombra


sombra